O ritmo na vida da criança

 

"No respirar duas graças podem se encontrar

Respirar o ar, e dele se livrar

Expirar constrange

Inspirar refresca

Tão linda é feito da vida uma mescla

Agradeça a Deus quando Ele te aperta

E agradeça quando, de novo,

Te liberta"

Goethe

 

A Pedagogia Waldorf considera fundamental a alternância sadia e equilibrada entre concentração e expansão, entre atividades práticas e intelectuais, entre o lembrar e o esquecer. Também tenta religar as crianças à percepção e observação dos processos rítmicos intensificando a vivência das estações do ano e das festas nas mais diversas situações.

A Escola incentiva os pais para que, em casa, também ofereçam um dia-a-dia rítmico, com horários para a alimentação, para o brincar mais expansivo e o mais tranquilo, para a hora de estudar e fazer as tarefas, oferecendo um ritual para a hora do dormir e do despertar. É o ritmo e a repetição deste ritmo que ajuda a criança a colocar os pés na terra de maneira equilibrada e sadia, além de trazer segurança e tranquilidade para o seu correto desenvolver.

Precisamos lembrar que somos parte da natureza e nossa saúde depende de resgatarmos essa trajetória natural. Há muito tempo os ritmos naturais regiam e condicionavam a vida e atividades das pessoas. Elas acordavam com o Sol, iam se deitar quando ele se punha, olhavam para o céu e seguiam o caminho da lua. Elas conheciam a fundo as mudanças das estações do ano e faziam festas por isso. Era a maneira das pessoas se sentirem seguras perante o enorme enigma da existência.

Nos dias de hoje, com a eletricidade, com os aquecedores e ar condicionados, com toda a tecnologia a seu serviço, o ser humano alcançou um grau de autonomia em relação à natureza tão alto, que pode perfeitamente viver sem olhar para a lua ou sem saber se é inverno ou verão. Principalmente nos centros urbanos. Se, por um lado, essa autonomia enriqueceu notavelmente a sua vida, por outro acarretou-lhe uma porção de problemas, como por exemplo, uma grande angústia.

 

Por isso, estudos científicos têm redescoberto a importância e o sentido do ritmo para o ser humano. Toda vida implica em ritmos, tal como o pulsar do Universo inteiro. O próprio ser humano é uma conjunção de ritmos variados, como o do inspirar e expirar da respiração. Faz-se cada vez mais necessária a conscientização de todos para com os ritmos próprios e os da natureza, principalmente para ajudar as crianças e jovens a se colocarem de maneira harmônica no mundo.

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Ser Waldorf, um relato de ex-alunos

30/03/2017

1/8
Please reload

Posts Recentes

15 Apr 2019

7 Apr 2019

28 Aug 2018

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square

© 2020 por Escola de Educação Infantil Jardim Waldorf Flauta Mágica

Endereço: Rua Alexandre Herculano, 77 - Boqueirão - Santos/SP - Brasil

Telefones: +55 13 3222-4309 e 13 3040-4852 

Email: secretaria.flauta@gmail.com

  • Facebook - White Circle
federação_das_escolas_waldorf_do_brasil.